Como saber se é viável ou não ter subsolos na minha obra?

Em primeiro lugar é fundamental entender o Plano Diretor e o Código de Obras e Edificações da sua cidade, bem como o Uso do Solo onde sua obra será construída. Por exemplo, em Goiânia-GO, em 2019 foi realizada uma emenda modificativa ao Plano Diretor que proíbe o rebaixamento permanente do lençol freático nas novas construções. A alteração elimina a possibilidade de rebaixamento nos limites da edificação do subsolo por meio de aplicação de tecnologias alternativas. Tal proposta surgiu da equipe técnica da AMMA e da SEPLANH após uma audiência pública, explica:

“Acabar com o lençol freático é acabar com a vida, com as nascentes e rios”.

Para novas edificações no subsolo no Município de Goiânia, fica proibido, em caráter permanente, o rebaixamento do lençol freático e o bombeamento de água do lençol freático. Já o rebaixamento do lençol freático, em caráter provisório, poderá ocorrer nos termos da Lei no 9.511, de 15 de dezembro de 2014, ou sucedânea. Neste sentido, respeitando e cumprindo das leis, para saber se é viável ou não ter subsolos em sua obra, precisa investigar o solo e saber suas características geotécnicas, bem como o nível do lençol freático. Para tanto, é necessário fazer Sondagens e Investigações Geotécnicas, como também evitar os “07 Erros “comuns” na execução da Sondagem com SPT – (ABNT NBR 6484)”, mensagem do último LTEC News.

Devido à limitação de espaço nos grandes centros urbanos, as construções de edifícios, shoppings e centros comerciais precisam aproveitar todo o espaço disponível para a edificação. Isso normalmente requer a construção de vários subsolos para estacionamento. De posse das Sondagens é possível definir a quantidade de subsolos e, para conter o Solo, é necessário fazer uma Contenção. Para dimensionar uma contenção é fundamental ensaios de laboratório, tais como, ensaio de cisalhamento direto e/ou ensaio triaxial. Existem várias soluções de contenções, uma solução que tem apresentado excelente custo benefício é a solução de contenção em perfis metálicos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir